Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Curso livre sobre Revoluções e Constituições - 3ª sessão



Das revoluções oitocentistas à Revolução Republicana de 5 de Outubro

            Quando após a derrocada do Império Napoleónico o Congresso de Viena de 1815 pensou restaurar o Absolutismo na Europa, falhou redondamente, pois uma coisa era combater aquele modelo imperial que diluía os povos, mas uma outra travar o ímpeto revolucionário em curso que levaria à generalização do Constitucionalismo na América e na Europa, com os recuos temporários do Cartismo, e do Republicanismo crescente.
No Império Português o processo inicia-se com a Revolução Republicana de Pernambuco em 1817, passando pela Revolta de Santo Antão, Cabo Verde, em 1886, o “31 de Janeiro” no Porto em 1891, culminando na Revolução Republicana de 1910.

J. A. Gonçalves Guimarães
https://pt.slideshare.net/queirosiana/11-chinesas-curandeiras-de-lisboa

https://www.slideshare.net/queirosiana/revolucoes3

Sem comentários:

Publicar um comentário